Home  Sala de Imprensa Educação de Jovens e Adultos a distância facilita a entrada no Ensino Superior

Educação de Jovens e Adultos a distância facilita a entrada no Ensino Superior
11/07/2016 08:29:26

A conclusão do Ensino Médio é um desafio para muitos brasileiros. Uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE) é que, até 2024, pelo menos 85% dos estudantes entre 15 e 17 anos estejam no ensino médio. Porém, uma projeção realizada pelo Instituto Ayrton Senna indica que no ritmo atual, a adequação de idade e série não será alcançada.

 
Uma pesquisa realizada pelo Centro Universitário Internacional Uninter identificou os principais motivos entre os alunos que buscam a conclusão do ensino médio em uma faixa etária diferente. Entre os destaques está o fato de que 43% dos alunos não concluíram o ensino médio porque começaram a trabalhar.

 
Neste cenário, a oferta do Ensino Médio para Jovens e Adultos (EJA) na modalidade a distância ajuda muitos profissionais. A oportunidade mudou o rumo da vida de Lauro Leal, de 23 anos, e de Luiz Santos, de 37.

 
Leal começou o curso sem perspectivas de entrar no Ensino Superior, mas há apenas dois meses finalizou o EJA e já ingressou em dois cursos: bacharelado em Serviço Social e licenciatura em Sociologia. “Gostei de voltar a estudar e me adaptei bem ao formato a distância; por isso, resolvi continuar, para realizar o sonho de dar aulas. Faço duas graduações, também a distância”, explica o ex-aluno.

 
Já Santos aproveitou a praticidade do EJA Uninter e terminou as matérias que faltavam para conquistar o diploma do Ensino Médio: Matemática, Física, Biologia e Química. “Estudei no exterior e quando voltei faltavam horas no meu currículo escolar, o acompanhamento que tive na Uninter foi essencial. Tive um cronograma preparado especialmente para as minhas necessidades e em três meses finalizei essas matérias e dei continuidade a minha vida profissional”.

 
A especialista em educação e coordenadora do EJA do Centro Integrado de Educação para Jovens e Adultos Uninter, Maria Tereza Cordeiro alerta para o fato de que cerca de 30% dos alunos que procuram o EJA tem este perfil, em que faltam apenas algumas disciplinas para a conclusão do ensino médio. “O curso completo tem duração de 18 meses, mas os candidatos que concluíram algumas disciplinas pelo ENEM, por exemplo, também podem se matricular e solicitar uma dispensa, apresentando a Declaração Parcial de Proficiência. Assim, eles podem fazer somente as disciplinas que faltam para conclusão do Ensino Médio. Não é hora de parar de estudar, ao contrário, o cenário atual demanda profissionais preparados para o mercado de trabalho”.

 
As inscrições já estão abertas e vão até o dia 25 de julho.

 
Serviço
No Brasil, a Uninter tem 20 polos de apoio presencial com a oferta de Ensino Médio para Jovens e Adultos. As inscrições podem ser realizadas no site uninter.com/eja ou pessoalmente nos polos. Mais informações no telefone 0800 702 0500 ou pelo e-mail [email protected]