Home  MESTRADO Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias

Mestrado Profissional em Educação e Novas Tecnologias

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação – Mestrado Profissional: Educação e Novas Tecnologias tem como objetivo formar e qualificar profissionais para a docência na Educação Básica e Ensino Superior, comprometidos com o processo de transformação da sociedade brasileira e capazes de articular saber acadêmico, pesquisa e prática educativa, na produção e difusão de novos conhecimentos relativos à formação docente e às novas tecnologias.

 

De acordo com a CAPES, Mestrado Profissional (MP) é uma modalidade de Pós-Graduação stricto sensu voltada para a capacitação de profissionais, nas diversas áreas do conhecimento, mediante o estudo de técnicas, processos, ou temáticas que atendam a alguma demanda do mercado de trabalho.

 

Seu objetivo é contribuir com o setor produtivo nacional no sentido de agregar um nível maior de competitividade e produtividade a empresas e organizações, sejam elas públicas ou privadas. Consequentemente, as propostas de cursos novos na modalidade Mestrado Profissional devem apresentar uma estrutura curricular que enfatize a articulação entre conhecimento atualizado, domínio da metodologia pertinente e aplicação orientada para o campo de atuação profissional específico. Para isto, uma parcela do quadro docente deve ser constituída de profissionais reconhecidos em suas áreas de conhecimento por sua qualificação e atuação destacada em campo pertinente ao da proposta do curso. O trabalho final do curso deve ser sempre vinculado a problemas reais da área de atuação do profissional-aluno e de acordo com a natureza da área e a finalidade do curso, podendo ser apresentado em diversos formatos.

 

Essas especificidades do Mestrado Profissional exigem que o acompanhamento e a avaliação sejam feitos com base em critérios diferenciados, definidos pelas áreas de avaliação, e realizados por subcomissão específica, mesmo se realizados concomitantemente aos programas acadêmicos.

Para garantir a qualidade dos Mestrados Profissionais, critérios operacionais e normas são necessários para dirigir e controlar sua implantação e desenvolvimento. A autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento dos cursos de mestrado profissional são obtidos a partir dos resultados do acompanhamento e da avaliação conduzidos pela CAPES de acordo com as exigências previstas na legislação – Resolução CNE/CES nº 1/2001, alterada pela Resolução CNE/CES nº 24/2002.

Duração: 2 anos
Titulação: Mestre
Turno: Diurno
Investimento: R$ 1.200,00 /mês
Unidade: Campus 13 de maio

Objetivos

Formar e qualificar profissionais para a docência na Educação Básica e Ensino Superior, comprometidos com o processo de transformação da sociedade brasileira, que articulem o saber acadêmico, pesquisa e prática educativa, na produção e difusão de novos conhecimentos relativos à formação docente e às novas tecnologias.

Linhas de Pesquisa

Formação Docente e Novas Tecnologias na Educação


Investigar a formação inicial e continuada nos diferentes níveis e espaços de educação, referenciadas pelas relações sócio-políticas, históricas e culturais para o alcance da docência. A construção da identidade do professor mediante as trajetórias de formação, produção de saberes e aprendizagem docente, buscando o desenvolvimento em nível profissional. Os temas que serão abordados na formação docente envolvem desafios ao nível das concepções, das atitudes, da ação e da interlocução dos próprios estilos de novos saberes. Investigar a influência das Novas Tecnologias na relação ensino-aprendizagem, relativa tanto como no suporte aos procedimentos já estabelecidos quanto à concepção de processos inovadores, visando à aquisição e à reinvenção de competências diferenciadas pelos docentes durante sua formação profissional. Contempla, ainda, a elaboração de plataformas e modelos inovadores em educação, baseados nas Novas Tecnologias de Informação e Comunicação.

Grupos de Pesquisa

O PPGENT conta atualmente com 2 (dois) Grupos de Trabalho (GTs) correspondentes à linha de pesquisa Formação Docente e Novas Tecnologias na Educação. Apresentamos, a seguir, suas denominações, bem como as pesquisas que, até o momento, neles se inserem:

GT DE NOVAS TECNOLOGIAS DE ENSINO E APRENDIZAGEM
(http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/5817768553934261)


Projeto de Pesquisa I: Assistente de Conhecimento com Interface de Linguagem Natural, Arquitetura Multiagente e Ontologias para Processos de Tutoria em EAD.
Coordenador: Profº Drº Luciano Frontino de Medeiros

Projeto de Pesquisa II: Questões Éticas e Epistemológicas Subjacentes ao Movimento CTS.
Coordenador: Profº Drº Mário Sérgio Cunha Alencastro

Projeto de Pesquisa III: A Epistemologia na Perspectiva das Novas Ciências: Implicações para o Ensino.
Coordenador: Profº Drº Alvino Moser

Projeto de Pesquisa IV: As Novas Tecnologias Educacionais na Escola e a Produção da Cultura Escolar: Representações, Apropriações e Práticas de Ensinar e Aprender.
Coordenadora: Profª Drª Elaine Falcade Maschio

GT DE EDUCAÇÃO BÁSICA E TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
(http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3969734078124911)


Projeto de Pesquisa III: Impactos de Programas de Iniciação Científica e Iniciação à Docência no Desenvolvimento Profissional de Professores
Coordenador: Profº Drº Ivo José Both

Projeto de Pesquisa IV: História da Escolarização Elementar.
Coordenadora: Profª Drª Eliane Mimesse Prado

Projeto de Pesquisa V: Livros Didáticos Indicados Para Uso nos Anos Iniciais da Educação Básica: Apropriações e Práticas Cotidianas.
Coordenadora: Profª Drª Eliane Mimesse Prado

Estrutura Curricular

Para o cumprimento das premissas acima enunciadas em objetivos e perfil, articulada à referida linha de pesquisa, o Programa contempla a seguinte estrutura curricular: a) Disciplinas Obrigatórias: relativas ao núcleo de fundamentos da educação e pesquisa, totalizam 12(doze) créditos obrigatórios, incluindo-se o Seminário de Dissertação.
  • Pesquisa em Educação,
  • Tendências da Educação Contemporânea,
  • Tecnologias Educacionais,
  • Seminário de Dissertação;
b) Disciplinas Optativas: orientadas de acordo com as especificidades dos objetivos do Programa, tais disciplinas articulam o saber acadêmico, à pesquisa e à prática educativa, são elas:
  • Fundamentos da Mediação Tecnológica,
  • Políticas Educacionais,
  • Aprendizagem e Desenvolvimento,
  • Avaliação Educacional,
  • Inteligência Artificial Aplicada à Educação,
  • Ciência Tecnologia e Sociedade,
  • Fundamentos Políticos e Pedagógicos da Educação a Distância;
c) Atividades Programadas: com o objetivo de aprofundamento teórico e verticalização das investigações, bem como dos processos relativos à prática docente, tais atividades pretendem aprofundar o conhecimento relativo aos temas atuais alusivos aos objetivos do Programa, articulados às necessidades evidenciadas pelo processo formativo e investigativo dos discentes. Deste modo, temos:
    • Seminário de Formação Docente e Seminário de Novas Tecnologias: visa o aprofundamento teórico-prático das investigações, a partir da abordagem de temas atuais, alusivos aos objetivos do Programa. Desenvolvida por professores visitantes, em atividades de cooperação acadêmica, tais atividades têm como metodologia, ciclos de palestras e mesas redondas, abordando temáticas articuladas às necessidades evidenciadas pelo processo investigativo dos discentes.
    • Docência Orientada: atividade regulamentada pela CAPES, com o intuito de articular a graduação e a pós-graduação stricto sensu, proporciona ao mestrando prática de docência no ensino superior. O aluno deverá realizar, no mínimo, 1 (uma) docência orientada ao longo do curso;
    • Produção bibliográfica e técnica: visa o aperfeiçoamento dos modos de investigação, sistematização e exposição dos dados relativos às pesquisas individuais. Cada discente, para validar sua defesa de dissertação, deve ter, pelo menos, 1 (um) artigo encaminhado para uma revista de extrato B2, da área de avaliação do Programa – Educação.
    • Participação em Grupos de Trabalho: Cada mestrando, de acordo com seu objeto de pesquisa e indicação do orientador, deverá participar de, pelo menos, um Grupo de Trabalho, colaborando na sistematização, produção e publicação dos conhecimentos a ele atinentes. Ressalta-se que os GTs encontram-se abertos à participação dos alunos do Programa, da Graduação e das Especializações, dentro de cada área específica do conhecimento. Neste sentido, o NUPE-TEC conta, atualmente, com 3 (três) Grupos de Trabalho (GTs), correspondentes à linha de pesquisa Formação Docente e Novas Tecnologias na Educação. Apresentamos a seguir, suas denominações:
      • GT1 – NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS
      • GT2 – EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
      • GT3 – EDUCAÇÃO BÁSICA
d) Qualificação e defesa Segue uma proposta de integralização
Disciplinas 1º sem. 2º sem. 3° sem.. 4º sem TOTAL
Obrigatórias 6 6 12
Optativas 3 3 6
Atividades programadas 3 3 6
Dissertação/trabalho final 3 3 6
Total 9 12 6 3 30

Coordenação

Profº Drº. Ivo José Both - Coordenador

Profº Drº. Luciano Frontino de Medeiros - Vice-coordenador

Corpo Docente


Profº Drº Alvino Moser
Ver Currículo

 

Profº Drº. Ademir Aparecido Pinhelli Mendes
Ver Currículo

 

Profº Drº Germano Bruno Afonso
Ver Currículo

 

Profº Drº Jacques de Lima Ferreira
Ver Currículo

 

Profº Drº Ivo José Both
Ver Currículo

 

Profº Drº Luciano Frontino de Medeiros
Ver Currículo

 

Profª Drª Luana Priscila Wunsch
Ver Currículo

 

Profº Drº Mário Sérgio Cunha Alencastro
Ver Currículo

 

Profº Drº Rodrigo Otávio dos Santos
Ver Currículo

Cronograma

CRONOGRAMA MESTRADO MARÇO 2017

EVENTO

PERÍODO/HORÁRIO

LOCAL E OBSERVAÇÕES

INSCRIÇÕES

De 05/10/2016 a 03/02/2017

Até às 23h

Internet uninter.com/mestrado

Central de Atendimento com o Cliente (CRC) 0800 702 0500

VALOR DA TAXA DE INSCRIÇÃO E

PRAZO FINAL PARA PAGAMENTO

R$ 80,00

Até 06/02/2017

Internet uninter.com/mestrado

Quitação do boleto: Rede bancária/lotéricas ou Central de Atendimento[1]

PRAZO FINAL DE ENTREGA DOS DOCUMENTOS PELO CORREIO (VIA SEDEX)

Até 27/01/2017

Exclusivamente via correio (via Sedex)

PRAZO FINAL DE ENTREGA DOS DOCUMENTOS PESSOALMENTE

Até 06/02/2017

Central de Atendimento[1]

PROVA ESCRITA

08/02/2017

Às 08h30

Campus Divina[2] (Observar ensalamento automático no Comprovante de Inscrição. Comparecer com 20 min de antecedência)

PROVA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

Dia 08/02/2017

Às 14h

Campus Divina[2]

(Observar ensalamento automático no Comprovante de Inscrição. Comparecer com 20 min de antecedência)

ANÁLISE DO CURRÍCULO E ANTEPROJETO

De 09/02/2017 a 10/02/2017

Coordenação de Mestrado[2]

AGENDAMENTO DE ENTREVISTA

De 13/02/2017 a 14/02/2017

Sujeito a Agendamento

RESULTADO FINAL

16/02/2017

Internet uninter.com/mestrado

Central de Atendimento com o Cliente (CRC) 0800 702 0500

Em EDITAL na Central de Atendimento[1]

PAGAMENTO DA PRIMEIRA MENSALIDADE (1º parcela/taxa de matrícula)

De 16/02/2017 a 21/02/2017

Internet uninter.com/mestrado

Quitação do boleto: Rede bancária/lotéricas ou Central de Atendimento[1]

PRAZO PARA MATRÍCULA E ASSINATURA DO CONTRATO

De 17/02/2017 a 24/02/2017

Exclusivamente na Central de Atendimento[1]

INÍCIO DAS AULAS

02/03/2017

Campus Divina[2]

[1] Endereço Campus Tiradentes: Rua Saldanha Marinho, 131, 1º andar, CEP: 80410-150, Centro, Curitiba/Pr. (de segunda a sexta-feira das 9h às 21h).

[2] Endereço Campus Divina: Rua do Rosário, nº 147, Centro, Curitiba/Pr.

Disciplinas Isoladas

Aprendizagem e Desenvolvimento

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: Concepções do desenvolvimento humano e processos de aprendizagem: as correntes inatista, ambientalista e interacionista. Piaget, Wallon e Vigotski: teorias psicogenéticas. A Pedagogia Histórico-Crítica e a Psicologia Histórico-Cultural: contribuições do campo crítico para prática educativa. A prática pedagógica e o desenvolvimento humano como processo social. Modalidades de ensino na Educação Básica. A aprendizagem na era digital.  
DISCIPLINA CARGA HORÁRIA CRÉDITOS
OPTATIVAS/ISOLADAS
Aprendizagem e Desenvolvimento 45 3
Inteligência Artificial Aplicada à Educação 45 3
Políticas Educacionais 45 3
Fundamentos da Mediação Tecnológica 45 3
Docência Orientada 45 3
Seminário de Novas Tecnologias na Educação 45 3
Seminário de Formação Docente 45 3
Fundamentos Políticos e pedagógicos da Educação a Distância 45 3
Avaliação Educacional 45 3
Ciência, Tecnologia e Sociedade 45 3
 
 

Inteligência Artificial Aplicada à Educação

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: Conceito de inteligência. Importância do estudo da IA para a educação. Histórico da IA na educação. O Problema Mente-Cérebro. Paradigmas de IA e a relação com as teorias cognitivas. Interfaces humano-computador. Principais sistemas de IA para uso na educação. Técnicas de IA como facilitadoras no processo de inclusão escolar. Uso de simuladores e jogos em ambientes educacionais. Perspectivas para a IA na educação e na formação docente.  

Políticas Educacionais

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: Política, educação e sociedade: a função sócioantropológica da escola. Análise crítica das Políticas Públicas em Educação. Análise crítica da legislação referente a educação básica, o ensino superior e a educação profissional. Gestão democrática. Formação política dos professores.  

Fundamentos da Mediação Tecnológica

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: Conceito de mediação segundo Vygotsky. A mediação como categoria epistemológica e pedagógica. ZDP e NDR. A mediação segundo James Wertsch, McLuhan e Nicholas Carr. A mediação tecnológica como mediação pedagógica. A mediação nas redes: a teoria da cognição situada de Lave e Wenger. A aplicação de conceitos de agentes e SMAs na criação de Sistemas Tutores Inteligentes (Intelligent Tutoring Systems - ITS) ou Ambientes Inteligentes de Ensino (Intelligent Learning Environments - ILE) em sala de aula. Mediação e autonomia. Docência e mediação Tecnológica: a perspectiva de Latour. Aplicações práticas.  

Seminários de novas tecnologias na educação: design de interação

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: Discutir a forma como as pessoas interagem com as coisas, e, em especial, como interagem com os novos aparatos tecnológicos e as mudanças que estes implicam no cotidiano dos indivíduos e em especial no cotidiano escolar e da educação. Design, manipulação, software, user experience, usabilidade, interfaces, interação mediada por computador, design no presente, passado e futuro, sempre com foco na educação e na formação de professores.  

Fundamentos Políticos e Pedagógicos da Educação a Distância

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: Histórico da EaD no mundo e no Brasil. Elementos fundantes da EaD: O sócio interacionismo de Vygotsky revisitado por Wertsh, Save e Wenger. A importância do ZPD no ensino dialógico com base no ensino a distância. Construtivismo (Piaget) e construcionismo (Papert). A legislação federal e as políticas públicas de Educação a Distância na realidade brasileira. Indicadores de qualidade para a Educação a Distância segundo o MEC. A Universidade Aberta do Brasil (UAB) em nível nacional.  

Avaliação Educacional

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: As novas políticas de avaliação no sistema de Educação. A questão da avaliação: a avaliação entre a análise e a tomada de decisão. Objeto da avaliação: questões teóricas e praxiológicas. Projeto de ação: variáveis e espaço de variação. O problema da estratégia: procedimentos e métodos. O âmbito da avaliação: interna ou externa, normativa ou criterial. A avaliação como processo. Filosofias de avaliação. A avaliação plural em todos os seus espaços: os objetos possíveis e as dificuldades da avaliação reguladora.  

Ciência, Tecnologia e Sociedade

Nível: Mestrado Profissional Obrigatória: Não Carga Horária:45 Creditos:3 Ementa: As interações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade. O conhecimento científico-tecnológico e seus impactos sociais, culturais, éticos, políticos e ambientais. O movimento CTS: histórico, objetivos e modalidades. Configurações curriculares mediante o enfoque CTS.    
  • O candidato à disciplina isolada só poderá cursar uma disciplina por semestre.
  • Para validar a sua participação como aluno especial em disciplina do PPGENT, o candidato deverá ser submetido a um processo de avaliação pelos professores responsáveis pela disciplina, conforme informações alíneas a, b, e c, deste item. Será respeitada a autonomia dos professores ao fazerem a composição da turma, considerando multidisciplinaridade da turma:
  • Análise do “Curriculum Vitae”, no que se refere à sua formação acadêmica;
  • Análise da proposta de intenções e razões por que deseja cursar a disciplina, no que se refere à pertinência e consistência da justificativa em relação à disciplina escolhida pelo candidato;
  • A seleção dos currículos e das propostas de intenções e razões apresentadas pelos candidatos ocorrerá entre os dias 09/08/2016 e 10/08/2016 pelos professores responsáveis das disciplinas listadas, e apresentadas posteriormente no Colegiado do curso.
  • Os currículos e as propostas de intenções e razões apresentadas serão analisados e selecionados pelos professores que compõem o Colegiado do PPGENT, em caráter eliminatório.
  • O (A) professor(a) responsável pela disciplina, conforme definição pelo Colegiado do PPGENT, se reserva o direito de não preencher as vagas ofertadas neste Edital e que não caberá recurso ou revisão da seleção efetuada pelo(a) professor(a) ofertante de vaga em disciplina isolada.
  • A passagem da condição de aluno especial em disciplina isolada para a de aluno regular, com aproveitamento de créditos, somente acontecerá com aprovação exitosa em todas as etapas do processo de seleção, regido a partir de edital específico.
 

Integração Acadêmica

Comprovante de Inscrição

Resultados