Home  Dúvidas FIES

Dúvidas FIES

O fies financia todos os cursos?
O financiamento é concedido aos estudantes matriculados em Cursos Presenciais com avaliação positiva nas avaliações do Ministério da Educação. São considerados cursos com avaliação positiva os Cursos de Graduação que obtiverem conceito maior ou igual a 03 (Três) no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), Instituído Pela Lei Nº 10.861, de 14 de abril de 2004.   Para verificação dos critérios de qualidade do curso, serão considerados:
    • O conceito de curso (CC);
    • O conceito preliminar de curso (CPC), na hipótese de inexistência do CC;
    • O conceito obtido pelo curso no exame nacional de desempenho dos estudantes (ENADE), na hipótese de inexistência do CC e do CPC.
  Serão considerados os conceitos mais recentes publicados. Os cursos que ainda não possuam os conceitos citados acima e que estejam autorizados para funcionamento, segundo cadastro do MEC, poderão participar do programa.
Qual é a taxa de juros do FIES?
A taxa de juros do FIES é de 3,4% ao ano para todos os cursos.
O que é a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA)?
A comissão permanente de supervisão e acompanhamento (CPSA) é responsável pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição, bem como pela validação das informações prestadas pelos estudantes quando dos aditamentos dos contratos.   Cada local de oferta de cursos da instituição de ensino deverá constituir uma comissão permanente de supervisão e acompanhamento do fies (CPSA). A comissão será composta por cinco membros, sendo dois representantes da instituição de ensino, dois representantes da entidade máxima de representação estudantil da instituição de ensino e um representante do corpo docente da instituição de ensino.   Os representantes da comissão deverão integrar o corpo docente, discente e administrativo do local de oferta de cursos. Caso não exista entidade representativa dos estudantes no local de oferta de cursos, os representantes estudantis serão escolhidos pelo corpo discente da instituição.  
O que acontece se o estudante não comparecer à CPSA ou ao agente financeiro nos prazos estabelecidos?
Caso o estudante não compareça à comissão permanente de supervisão e acompanhamento do FIES (CPSA) ou ao agente financeiro (instituição bancária) nos prazos determinados, a inscrição será cancelada, podendo o estudante realizar nova inscrição a qualquer tempo.
É necessário ter um fiador para ter acesso ao financiamento?
Os alunos bolsistas parciais do PROUNI, ou que estejam matriculados em cursos de licenciatura ou que tenham renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio podem optar pelo Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC), no momento da sua inscrição, ficando dispensados da exigência do fiador. Nos demais casos é exigida a apresentação de um fiador. Existem dois tipos de fiança: A Fiança Tradicional e a Fiança Solidária.
O que é a Fiança Convencional?
A Fiança Convencional é aquela prestada por até dois fiadores apresentados pelo estudante ao agente financeiro, observadas as seguintes condições: No caso de estudante beneficiário de bolsa parcial do PROUNI, o(s) fiador(es) deverá(ão) possuir renda mensal bruta conjunta pelo menos igual à parcela mensal da semestralidade, observados os descontos regulares e de caráter coletivo oferecidos pela IES, inclusive aqueles concedidos em virtude de pagamento pontual. Nos demais casos, o(s) fiador(es) deverá(ão) possuir renda mensal bruta conjunta pelo menos igual ao dobro da parcela mensal da semestralidade.
O que é a Fiança Solidária?
A Fiança Solidária constitui-se na garantia oferecida reciprocamente por estudantes financiados pelo FIES reunidos em grupo de três a cinco participantes, em que cada um deles se compromete como fiador solidário da totalidade dos valores devidos individualmente pelos demais. O grupo de fiadores solidários deve ser constituído no agente financeiro (instituição bancária) no ato da contratação do financiamento por parte dos estudantes. Cada estudante poderá participar de apenas um grupo de fiadores solidários, sendo vedado aos membros do grupo o oferecimento de outro tipo de fiança a qualquer estudante financiado pelo FIES.
O que é o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo?
O fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) é uma opção para os candidatos ao FIES em que não há a necessidade de apresentação de fiadores e tem como objetivo facilitar o trâmite para a contratação do financiamento. Independente do agente financeiro escolhido, os estudantes aptos poderão fazer a opção pelo fundo. Atualmente, são agentes financeiros do FIES a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.   Para a constituição do grupo da fiança solidária, não será exigida comprovação de rendimentos dos membros do grupo. Os membros do grupo de fiadores solidários devem obrigatoriamente ser estudantes da mesma instituição de ensino, matriculados no mesmo local de oferta de cursos.

Contato

Dúvidas relacionadas ao FIES: www.mec.gov.br ou pela central do atendimento do MEC 0800-616161. Das 9h às 18h, horário de Brasília. Duvidas pelo e-mail: fies@grupouninter.com.br